funto-site-leo-escuro-3.png

seja nosso parceiro agora e ganhe um desconto especial!

  • Ivan Bezerra

DO Matas de Rondônia entra na fase de mérito para o registro

Atualizado: Fev 5


Fase de mérito do processo de Denominação de Origem Café Robusta Matas de Rondônia

A proposta de registro de uma Denominação de Origem para o café tipo robusta das regiões Central e Zona da Mata de Rondônia foi apresentada à Agencia Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) em 2016.


Foi o primeiro passo até ingressar com o pedido formal de registro junto ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) (instituição no Brasil responsável pela oficialização do registro).

O objetivo da Associação dos Cafeicultores da região da Indicação Geográfica dos Robustas Amazônicos – Caferon com o pedido é buscar construir uma imagem de produto ambientalmente sustentável e que o consumidor associe a marca Robusta Amazônico a um produto com qualidade superior, produzido por agricultores que valorizam a conservação ambiental, a manutenção das florestas e as práticas agroecológicas.

Nesta terça-feira, 02 de fevereiro de 2021, os produtores da região das Matas de Rondônia comemoram o início da última fase antes da concessão do registro de DO. A Revista INPI publicou o início do prazo de 60 dias, contados a partir de hoje, para manifestação de terceiros. É a fase de mérito do pedido de registro. Após este prazo e em não havendo contestações, o registro será oficializado.


A GiOrigin parabeniza a Caferon e todos produtores locais e espera ansiosa pela conclusão do processo e o registro definitivo da DO Matas de Rodônia.


10 visualizações0 comentário