funto-site-leo-escuro-3.png

seja nosso parceiro agora e ganhe um desconto especial!

  • Ivan Bezerra

Região de Altitude de Santa Catarina é Indicação de Procedência para Vinhos e Brandy


O Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) concedeu registro de Indicação de Procedência (IP) para Vinhos (vinho fino, vinho nobre, vinho licoroso, espumante natural e vinho moscatel espumante) e o Brandy para a região de altitude do estado de Santa Catarina que abrange 29 municípios. A publicação do registro foi feita na Revista da Propriedade Industrial Nº 2634 29 de Junho de 2021.


Os estudos técnicos que subsidiaram a delimitação da área geográfica da IP dos vinhos de altitude Santa Catarina foram desenvolvidos pela Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri) em parceria técnica com a Embrapa, UFSC e Sebrae.


A Vinhos de Altitude – Produtores e Associados, associação requerente da Indicação Geográfica (IG), referendou a área que representa 23,2% do território estadual, onde a altitude majoritariamente é superior a 900 metros. Essa área abrange os municípios de Água Doce, Anitápolis, Arroio Trinta, Bom Jardim da Serra, Bom Retiro, Brunópolis, Caçador, Campo Belo do Sul, Capão Alto, Cerro Negro, Curitibanos, Fraiburgo, Frei Rogério, Iomerê, Lages, Macieira, Painel, Pinheiro Preto, Rancho Queimado, Rio das Antas, Salto Veloso, São Joaquim, São José do Cerrito, Tangará, Treze Tílias, Urubici, Urupema, Vargem Bonita e Videira.

76 visualizações0 comentário